Se eu pudesse descrever em palavras o amor que sinto pela vida, eu diria, mas o que sinto está além das palavras, além das imagens, além muito além. Dentro de mim há um universo infinito, que se revela quando estou em movimento, por isso danço por isso eu atuo !
Eu sou aquela mulher que fez a escalada da montanha da vida, removendo pedras e plantando flores.

Pesquisar este blog

Seguidores

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Dança do Candelabro



Esta dança faz parte das celebrações de casamento e nascimento. Em muitas destas festas a dançarina com candelabro precede a comitiva de convidados acompanhada por tocadores de pandeiro e cantores. O intuito era de iluminar a nova vida da criança ou dos noivos.
A verdadeira el shammadan tinha apenas um prato de latão na cabeça com o castiçal em cima, sem hastes laterais. Mais tarde, as velas ficavam em uma armação metálica com formato de uma grande saia e no centro desta armação a dançarina levava um jarro de água, mostrando uma habilidade surpreendente. Posteriormente, os candelabros foram adaptados às cabeças das dançarinas constituindo a versão atual.
Não há regras quanto à música a ser utilizada. 










Nenhum comentário:

Postar um comentário